Follow by Email

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Perguntas sobre Briófitas

01. As gimnospermas são plantas que apresentam todas as características abaixo, exceto uma. Assinale-a. a) vasos para a condução de seiva. b) Flores para a reprodução sexuada. c) Sementes para favorecer a disseminação. d) Frutos para conter as sementes. e) Raízes, caules e folhas verdadeiras 02. Plantas que se caracterizam por possuir flores e sementes, mas não produzem frutos, são classificadas como: a) briófitas. c) pteridófitas. b) talófitas. d) gimnospermas. e) angiospermas. 03. Encontram-se nas gimnospermas mas não nas pteridófitas: a) flores. c) raízes. b) frutos. d) folhas verdes. e) vasos condutores. 04. Com relação aos organismos citados, encontramos vasos condutores diferenciados em: a) pteridófitas. b) algas. c) briófitas. d) fungos. e) bactérias. 05. As briófitas em geral vivem em ambiente terrestre úmido e sombreado. Apresentam pequeno porte. Essas características estão relacionadas com: a) capacidade de explorar hábitats diversificados. b) presença de tecido de sustentação. c) incapacidade de realizar fotossíntese. d) ausência de vasos condutores. e) produção de flores e sementes. 06. Organismos fotossintéticos, a maioria microscópicos, uni ou pluricelulares, habitam água doce ou salgada e são responsáveis pela maior parte do oxigênio liberado na face da Terra. Essa caracterização se refere a: a) fungos. c) liquens. e) protozoários. b) algas. d) briófitas. 07. Não realizam fotossíntese: a) pteridófitas. c) liquens. b) cianobactérias. d) fungos. e) briófitas. 08. Ausência de clorofila, reprodução ao menos em parte por esporos e ausência de sistemas vasculares são características: a) das algas e liquens. . b) dos fungos e liquens. c) dos liquens d) dos fungos. e) das algas. 09.Um organismo unicelular, sem núcleo diferenciado e causador de infecções no homem, poderá ser classificado como: a) fungo. c) bactéria. e) verme. b) vírus. d) protozoário. 10. As cianobactérias são procariontes. Do ponto de vista estrutural, tipicamente suas células demonstrariam ausência de: a) membrana plasmática. b) polissomos. c) membrana nuclear. d) inclusões celulares. e) parede celular. BRIÓFITAS Conceito: organismos multicelulares autótrofos, de pequeno porte, a grande maioria não ultrapassa 30 cm. Vivem em ambientes úmidos e sombreados, não possuem sistema de vasos condutores. Características Gerais - A grande maioria das espécies é terrestre de ambientes úmidos e sombreados (musgos, hepáticas anthóceros). - São plantas avasculares (ausência de vasos condutores); os líquidos são conduzidos por difusão celular. - Ocorrem ainda espécies como a Ricciocarpus natans que flutuam em água doce e a Riccia flutuantes que vivem submersa em água doce. - O musgo do gênero Shpagnum forma a turfa, que funciona como adubo na melhoria do solo, quando seco e moído pode ser utilizado como combustível. Classificação Classe Musci - Conceito: classe em que seus representantes são os musgos, vegetais que apresentam o corpo dividido em três regiões específicas o rizóide, caulóide, e filóide. Classe Hepaticae -Conceito: O termo hepático (hepato=fígado) deve-se a forma de fígado do gametófito e são características de ambientes terrestres úmidos, sombreados. - Gênero: O mais conhecido é o Marchantia. Classe Anthocerotae -Conceito: Briófitas que crescem em locais úmidos e sombreados, seu gametófito é folhoso, arredondado, e multilobado, mede cerca de 2 cm e preso ao substrato por rizóides. Gênero: Anthóceros - Reprodução: A planta, individuo de vida independente e duradoura, è o gametófito (n), que apresenta rizóide, caulóide e filóide. Ele possui gametângios, órgãos produtores de gametas: o Anterídio, que produz anterozóides, e o Arquegônio, que produz a oosfera. A maioria dos musgos possui Anterídio ou Arquegônio. O anterozóide chega ao arquegônio numa película de água da chuva ou orvalho. Ao alcançá-lo, nada ate a oosfera e ocorre a fecundação, formando o zigoto. Este sofre mitoses e origina um embrião que permanece no arquegônio. O embrião desenvolve-se por mitoses e forma um esporófito diplóide (2n), que é menos desenvolvido e de curta duração, cresce sobre o gametófito e depende dele para a sua nutrição. Ele possui uma haste e uma dilatação na extremidade, a cápsula, que é Esporângio. Dentro deles estão células que sofre meioses e originam os esporos. Estes iniciam a fase haplóide: são libertados e arrastados pelo vento e germinam a distância. Depois da produção de esporos o esporófito morre e o gametófito permanece. A germinação do esporo origina um filamento de células, o protonema, que emite ramificações que formarão os pés de musgo, fechando o ciclo. Muitas briófitas são assexuadas à custa de gemas ou propágulos, pequenos pedaços da planta que se soltam, são levados pela água e originam novas plantas. - Importância das Briófitas: atuam com espécies pioneiras no ambiente terrestre. o ciclo de uma briosfitas: esses organismos apresentam uma forte dependência ao ambiente aquático principalmente por conta da produção de gametas flagelados, que são conhecidos como anterozóides. “Como são flagelados, dependem da água para conseguir se locomover até encontrar o gameta feminino, conhecido como oosfera.” No ciclo haplodiplobionte, o gametófito é responsável pela produção de gametas. reprodução axessuada: A forma assexuada produz esporas, similares as das plantas inferiores, que são disseminadas através do vento e por outros meios que propiciam novas formas sexuais. Os órgãos sexuais das briófitas são multicelulares. pergunta:As BRIÓFITAS, que formam verdadeiros tapetes verdes, promovem a retenção da água das chuvas e, como conseqüência, evitam a erosão dos solos. Algumas são bastante utilizadas na horticultura como fonte de nutrientes para as plantas e para melhorar a capacidade de retenção de água pelo solo. Por serem muito sensíveis aos resíduos tóxicos, são excelentes indicadores de poluição ambiental. A respeito das Briófitas é verdadeiro afirmar que: 01. a ausência de tecido especializado para o transporte de seivas, explica, pelo menos em parte, o seu pequeno porte; 02. independem da água para a reprodução; 04. são classificadas como FANERÓGAMAS, por possuírem órgãos reprodutores bem visíveis (as flores); 08. vivem preferencialmente em locais secos e ensolarados; 16. a reprodução ocorre por alternância de gerações, sendo predominante a fase gametofítica (produtora de gametas). Soma ( ) resposta:01 + 16 = 17 origem:Outros tópico:Botanica sub-grupo:Briofitas 0 comentários clique para inserir pergunta:O ciclo de vida das Pteridófitas apresenta mais adaptações ao ambiente terrestre que o das Briófitas. Quanto a essas características evolutivas, ( ) as Briófitas estão restritas aos ambientes áridos, enquanto as Pteridófitas vegetam em vários ambientes, pois são seres ricos em lignina. ( ) as Pteridófitas são plantas que fazem o transporte rápido da seiva, enquanto nas Briófitas o transporte é feito de célula a célula. ( ) nas Briófitas, o transporte de água e nutrientes percorre as pequenas distâncias, por osmose, por isso essas plantas têm tamanho reduzido. ( ) as Pteridófitas, ao contrário das Briófitas, apresentam um ciclo de vida com a geração esporofítica bem desenvolvida. resposta: Tenha acesso a questões completas (com imagens e respostas) aqui: http://www.superprofessorweb.com.br/ origem:Fuvest tópico:Botanica sub-grupo:Briofitas 0 comentários clique para inserir pergunta:Com relação à conquista do meio terrestre, alguns autores dizem que as briófitas são os anfíbios do mundo vegetal. Justifique essa analogia. resposta: Tenha acesso a questões completas (com imagens e respostas) aqui: http://www.superprofessorweb.com.br/ origem:Outros tópico:Botanica sub-grupo:Briofitas 0 comentários clique para inserir pergunta:Em Briófitas como os musgos e as hepáticas a fase duradoura é o( a) a) esporófito. b) gametófito. c) arquegônio. d) anterídio. e) caliptra. resposta:B origem:Outros tópico:Botanica sub-grupo:Briofitas 1 comentários clique para inserir pergunta:Analisando o esquema a seguir que representa o ciclo vital de um musgo, podemos fazer todas as afirmações, EXCETO: a) as células a e b são gametas produzidos por mitose. b) a geração 2N produz esporo (célula d) por meiose. c) o esporo (célula d) germina por mitose e se diferencia originando a geração N. d) a meiose é final ou gamética. e) o vegetal apresenta metagênese ou alternância de gerações. resposta:D origem:Outros tópico:Botanica sub-grupo:Briofitas 0 comentários clique para inserir pergunta:Vegetais terrestres de pequeno porte, avasculares que não produzem flores ou sementes e vivem na dependência de sombra e umidade podem ser a) grama b) musgos c) selaginelas d) samambaias e) avencas resposta:B origem:Outros tópico:Botanica sub-grupo:Briofitas 0 comentários clique para inserir pergunta:Analisando a figura a seguir que representa um musgo pode-se afirmar que a) a seta A aponta o gametófito. b) a seta B aponta o esporófito. c) as setas A e B representam, respectivamente o gametófito e o esporófito. d) as setas A e B representam, respectivamente o esporófito e o gametófito. e) as setas A e B representam diferentes partes do gametófito. resposta:D origem:Outros tópico:Botanica sub-grupo:Briofitas 0 comentários clique para inserir pergunta:No ciclo vital das briófitas como os musgos e as hepáticas são consideradas as seguintes etapas: I - produção de esporos; II - fecundação; III - produção de gametas; IV - esporófito; V - protonema. A seqüência correta em que essas etapas ocorrem é a) II, V, IV, I e III. b) II, III, I, IV e V. c) III, II, IV, I e V. d) V, III, IV, I e II. e) III, IV, I, II e V. resposta:C origem:Outros tópico:Botanica sub-grupo:Briofitas 0 comentários clique para inserir pergunta:Os musgos que crescem nos muros úmidos são a) gametófitos de briófitas. b) gametófitos de pteridófitas. c) esporófitos de briófitas. d) esporófitos de pteridófitas. e) esporófitos de gimnospermas.